Associação de Marcas no Brasil é novo cliente da InformaMídia Comunicação

Empresa é especializada em registro de marcas e patentes

Proteger e defender o patrimônio intangível do empresário para evitar problemas no futuro é o principal serviço oferecido pela AMB – Associação de Marcas no Brasil. Com sede na Avenida Paulista, em São Paulo, e uma filial na Vila Fátima, também na capital paulista, os profissionais da AMB se especializaram na proteção e registro de marcas e patentes. Em 2015, a empresa tem o objetivo de inaugurar mais duas filiais, uma em Campinas e outra no Rio de Janeiro.

A expansão deve-se ao bom desempenho do mercado. Recentemente, a Apple foi condenada pela justiça americana a pagar US$ 532,9 milhões por três patentes da empresa americana Smartflash, durante a criação da loja on-line iTunes. E este não é o único caso. Cada vez mais as empresas estão sendo multadas e, em alguns casos, fechadas por não conseguirem arcar com os gastos de multas e indenizações. As médias e pequenas empresas também são afetadas. Qualquer pessoa física ou jurídica que exerça uma atividade legal deve registrar uma marca ou uma patente.

O registro é emitido pelo órgão governamental INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial. O prazo é de dez anos, contados a partir da data de concessão, podendo ser prorrogado. Uma vez com o registro, seu titular tem a segurança de que a marca não será usada por outra empresa em todo o Brasil.

É importante dizer que o registro da marca traz diversos benefícios. Apenas uma marca registrada pode gerar receita através de licenciamento, franquia ou venda. Quando o  empresário faz o uso indevido e sem registro da marca, ele responde pela infração mesmo após mudá-la. Nesses casos, é comum que o titular da marca exija indenização, além da mudança imediata da marca. O que também pode ocorrer é outra pessoa ou empresa fazer o registro. Nesse caso, a companhia pode ser processada por uso indevido de marca e o autor do processo poderá solicitar indenização, que varia entre 3% e 5% do faturamento bruto de sua empresa nos últimos cinco anos.

Segundo a sócia-fundadora da AMB, Mônica Santos, o nome é o que a empresa tem de mais valioso. “O registro da marca garante ao seu titular o direito de exploração comercial do nome, de impedir que terceiros imitem, vendam ou distribuam produtos com sua marca sem autorização”.

Além de toda a preocupação com o registro de uma marca, a AMB também apoia seus clientes quando o assunto é a estratégia de comunicação e marketing.  A empresa disponibiliza, sem cobrar nada a mais por isso, assessoria de marketing por 30 dias a todos seus clientes. Ou seja, além de proteger a marca, o dono do negócio recebe assessoria de marketing e elabora um plano para definir o que a empresa pretende ser e como vai comunicar isso aos clientes.

De acordo com Mônica, o trabalho de registro de marcas e patentes deve caminhar com a definição de uma estratégia de divulgação do produto. “Depois de criar e registrar uma marca, é preciso pensar como o cliente irá receber a mensagem do que trata o negócio, o que a empresa faz e como despertar o interesse por aquele serviço ou produto”, afirma. Pensando em ampliar a discussão, a AMB já prepara um congresso para falar sobre ferramentas do marketing nas empresas, no segundo semestre.

A partir de agora, a Associação de Marcas do Brasil se coloca à disposição da imprensa por meio da InformaMídia.

Sobre a AMB:
ambsp.com.br

(11) 3937 6439

Informações para a imprensa:

InformaMídia Comunicação

Leonardo Mota

leonardo@informamidia.com.br

(11) 2834 9295/ (11)  98024 2315

Welton Ramos

ramos@informamidia.com.br

(11) 2834 9295/ (11) 98760 7396

Related posts